ANTÓNIO LUIS LOBO MORAIS SARMENTO - (1943 - 2017)

É com sentido pesar que participamos o falecimento do Dr. António Morais Sarmento, que aqui homenageamos e agradecemos a sua dedicação e amizade.



Nasceu em 12/11/1943, em Chaves.
Ingressou no Curso de Medicina, no ano lectivo de 1962/63, na Universidade do Porto, que viria a concluir em 1968/69.
Em Novembro de 1970, após conclusão do Internato Geral no Hospital de S. João, rumou à Medicina Interna do Hospital de Santo António (HSA), para integrar o Serviço que se dedicava primordialmente à área nefrológica.
De Maio de 1971 a Maio de 1973 foi mobilizado para o serviço militar em Angola, como médico.
Em Junho/73 regressou ao Hospital de Santo António, sob a chefia do Dr. Serafim Guimarães na enfermaria e sob a chefia da Drª Eva Xavier na equipa de Urgência.
Em 1975 foi criado o Internato de Nefrologia. Foi o 1º Interno Complementar de Nefrologia do País.
Abraçou o desafio de 2 anos de estágio nos EUA, em 1976 e 1977. Trabalhou no Serviço de Nefrologia do Hospital de Saint Francis, em Hartford, Universidade do Connecticut, sob a chefia do Prof Jack Maher.
Aí observou e seguiu os primeiros transplantes renais da sua carreira.
No início de 1978 regressou a Portugal e ao Serviço de Nefrologia do HSA. Em Julho/79 concluiu o Internato Complementar de Nefrologia e em 1980 assume vaga do quadro de Nefrologia do HSA.
Inicia-se entretanto o curso de Medicina no Instituto Ciências Biomédicas Abel Salazar, da Universidade do Porto, tendo integrado o corpo docente de 1979 a 1983.
Em 1980 contribui activamente para a criação e expansão dos centros de hemodiálise privados em Portugal.
Em 1983 inicia-se o programa de Transplantação Renal no HSA, ficando como responsável da área nefrológica, do pré e pós-transplante.
Em 1984, efectuou estágio no Dulwich Hospital, em Inglaterra, no Serviço de Nefrologia e Transplante Renal, sob orientação dos Drs. Parsons e Beewick. Foi Presidente da Sociedade Portuguesa de Nefrologia de 1986 a 1988. Em 1988 obtém a graduação em Chefe de Serviço.
Foi Director de Serviço de Nefrologia desde 2002 e posteriormente Director de Departamento de Medicina do HGSA, antes da sua aposentação.
Foi Presidente da Sociedade Portuguesa de Transplantação de 2006 a 2010.
Autor de inúmeras palestras e moderações em Congressos e Cursos, bem como de numerosas publicações, nacionais e internacionais.
Distinguiu-o, além do seu percurso profissional, a sua capacidade ímpar de fazer amigos e de cultivar as amizades que criou: no Serviço, fora dele e além fronteiras.
A propósito duma homenagem que o Serviço de Nefrologia do HSA lhe quis prestar, coincidindo com os 25 anos de actividade do programa de Transplante Renal, escreveu:

"...Acho desmedida a importância que vocês, meus amigos, me dão. A amizade vê com óculos de aumento os amigos"...  "Sempre me magoei mais por falhar, do que me alegrei pelo que consegui" ... "Se alguma boa coisa fiz e ganhei, foi um sentimento de profunda amizade com muita gente com quem me cruzei ao longo dos anos. Esse foi o meu grande prémio, para além do que fiz de bom pelos doentes que tratei e nos quais felizmente também tenho alguns amigos" ... "A festa dos amigos é o dia a dia e a certeza que a amizade fica para sempre. Haverá alguma coisa com mais valor? Esta para mim será sempre a homenagem à amizade e aos afectos que ao longo da minha vida profissional fui criando"


Faleceu em 29/8/2017, empobrecendo assim a Nefrologia e a Transplantação.
Deixou mais ricos os que com ele privaram.