O que é a Imunossupressão?

Ao receber um órgão transplantado, o organismo vai reconhecê-lo como um objecto estranho , algo que não lhe pertence e, portanto, o seu sistema imunitário vai atacá-lo. É necessário tentar evitar esse ataque - é o objectivo da imunossupressão.

A imunossupressão consiste na administração de medicamentos que vão impedir que o sistema de protecção do organismo ataque o órgão transplantado, rejeitando-o.

Esses medicamentos, também chamados anti-rejeição, actuam sobre as células de defesa os linfócitos-, impedem a produção ou a actuação dos anti-corpos, dificultam o reconhecimento de proteínas estranhas, etc. Esta acção é vital para conseguir que o organismo aceite o transplante, mas interfere também com a defesa contra outros objectos estranhos , como os agentes de infecção.

Por isso, quando se faz imunossupressão, o indivíduo tem uma maior susceptibilidade às infecções. No entanto, se não estivesse adequadamente imunossuprimido, rapidamente rejeitaria o transplante.